Um prato cheio de história

A combinação do sabor marcante do peixe seco ou defumado com a suavidade da banana da terra é o segredo da cambira, um prato exótico e típico do litoral.

A origem da cambira está relacionada à chegada dos portugueses no litoral paranaense. Entre a diversidade de especiarias e condimentos, eles trouxeram o sal, importante para a conservação dos alimentos. O produto mudou a alimentação caiçara: o peixe, que antes precisava ser consumido rapidamente, passou a ser salgado e defumado na cambira, uma espécie de varal feito com um cipó da região, que dá nome ao prato.

A ideia de resgatar a cambira e transformá-la em prato típico de Pontal do Paraná surgiu durante um Fórum de Desenvolvimento Local, promovido pelo Sebrae/PR. A turismóloga Francisca Moura Kaminski, secretária de Desen­­volvimento do município, foi responsável pelo levantamento de informações sobre a iguaria, junto às comunidades caiçaras da região.

A simplicidade da cambira – sua principal qualidade – contribuiu para que o prato acabasse desconhecido até mesmo por donos de restaurantes, moradores e turistas. “Assim como o barreado, a cambira é um patrimônio gastronômico de todo o litoral e não de uma cidade específica. Hoje, os nativos já têm orgulho de dizer que a cambira é um típico prato caiçara”, comemora Francisca.



















Fácil de fazer

Para preservar as características originais do prato e realçar o sabor dos ingredientes, a cambira deve ser feita em uma panela de barro.

Ingredientes

- ½ quilo de filé de cação seco ou defumado- 1 cebola picada - 3 tomates picados - 6 bananas da terra “verdolengas”- cheiro-verde e coentro a gosto- 1 raminho de alecrim- molho de tomate a gosto- sal a gosto- óleo

Saiba mais
Compartilhar Google Plus

Nosso Litoral

Nosso litoral é um blog para divulgar as belezas do litoral paranaense, assim como os costumes, gastronomias, pontos turísticos, hotéis, pousadas, restaurantes, contos, lendas, histórias e muito mais!
    E ai, o que achou?
    Comente com o Facebook